Depoimentos

 

"Para nós que temos três línguas diferentes na nossa casa, o Português sem Fronteiras é essencial para fortalecer o elo entre o Brasil e a Noruega. Meus filhos têm a possibilidade de entrar em contato com a cultura e outras crianças brasileiras. Isto é maravilhoso!"

Maria José, mãe do Marcus e do Marius (Brasil)

 

"Tomamos conhecimento do projecto da Dra. Maria José no final de 2011 e de imediato ficamos muito interessados na possibilidade de proporcionar à nossa filha aulas de Português, ainda que morando em Sandefjord isso significasse deslocações semanais a Oslo.

Após as primeiras aulas com a professora Cátia, o  entusiasmo da pequena, então com 4 anos, era evidente, ilustrando a grande experiência da professora em motivar as crianças nesta tenra idade.

Actualmente, ambos os nossos filhos, com 7 e 4 anos, participam nas respectivas aulas de português, cujo formato foi, ao longo do tempo, ajustado a cada grupo etário, por forma a melhor se adaptar às necessidades e capacidades de cada um.

Como pais, não poderíamos estar mais contentes com os resultados e achamos que o facto de o português ministrado ser o português brasileiro, acresce uma mais valia aos nossos filhos, já que para além da aprendizagem da língua, estão em contacto com uma cultura irmã, mas diferente, com uma identidade muito própria e uma riqueza indiscutível. Obrigado por terem tido a iniciativa e terem concretizado tão bom projecto!"

Laura, mãe da Clara e do André (Portugal)

 

Matheus begynte på Clube da Pipoca da han var fire år. Siden han har brasiliansk far hadde jeg lenge prøvd å lære ham litt portugisisk, men han var overhodet ikke interessert. Dette endret seg etter et par ganger på Clube da Pipoca! Plutselig ble han mye mer engasjert og fokusert på å lære de portugisiske ordene, og om Brasil generelt. Selv om han ikke snakker så mye portugisisk til vanlig, merker jeg at han har snappet opp mye, som plutselig dukker opp når han snakker med faren sin på skype. Og så storkoser han seg der, med lek, sang, nye venner og verdens søteste Profesoras!

Ranveig, mãe do Matheus (Noruega)

 

"Através da linguagem que nos conectamos com outras pessoas, fazendo sentido de nossas experiências. Tendo parentes que não falam norueguês, saber que meus filhos podem se comunicar com seus avós, primos e tios é de extrema importância. Sendo única influência do português na vida cotidiana deles, as aulas do Clube da Pipoca, ou a "escola de português" como diz Sara, já se tornaram parte do nosso calendário familiar. A dedicação das "tias" Maria José e Cátia, com seu ambiente acolhedor e confortável, pelo qual as crianças aprendem brincando sobre nossa cultura e língua, é gratificante de ver. Aprendem coisas simples como sobre nossos índios, festas juninas e até sobre a Turma da Mônica e isso ajuda na integração quando em visita  ao nosso país. Nestas férias no Brasil, vimos os frutos desta jornada: Sara conseguiu, sozinha, se comunicar com todos os parentes e estava, ela mesma, super orgulhosa quando os avós elogiavam seu português. Fortes competências linguísticas em várias línguas é um trunfo que podemos dar aos filhos e, com a ajuda das tias do Clube da Pipoca, isto se torna bem mais simples e divertido."

Marco, pai da Sara (Brasil)

 

"É com grande satisfação que recomendo os cursos de português da organização Português sem Fronteiras. O Clube da Pipoca tem um papel importantíssimo no processo de aprendizagem do português do meu filho, que devido a problemas de audição nos primeiros anos de vida não teve a oportunidade de aprender de um modo natural e gradual a sua segunda língua, mas que agora com a extra ajuda das vossas aulas vai conquistando o tempo perdido. O fato de se aprender o português do Brasil e a sua cultura não afetou a minha decisão de manter o meu filho no clube, já que é uma mais valia ter contato com a pronúncia e o vocabulario brasileiro nas aulas e o português em casa. Outra vantagem é que a entrada em vigor do acordo ortográfico em Portugal aproximou o português escrito entre as duas nações e as diferenças agora são mínimas. Obrigado pela vossa ajuda e que continuem com o vosso excelente trabalho!"

Maria, mãe do Stefan (Portugal)

 

"Julie elsker "portugisisk kurset" sitt :-) Vanligvis vil hun ikke så veldig gjerne i barnehagen, men hun vil alltid på portugisisk, og det helt fra første stund - og det selv om hun - til tross for å ha sett på Galinha Pintadinha på Youtube - ikke egentlig kan portugisisk. Årsaken til at hun trives så godt og forstår så mye av et språk hun ikke kan, tror jeg er innlevelsen og varmen til Maria og Catia, alt de sier og gjør blir ikke bare sagt, men det blir hjertelig levd, og jeg tror både Julie og jeg føler at hun blir så hjertelig velkommen og ivaretatt på kurset. Innlevelsen kom for eksempel til syne den gangen jeg hentet Julie og hun hadde ansikter med forskjellige uttrykk på alle fingertuppene. I kanskje en times tid eller mer, satt hun i vognen og førte høylydte samtaler dem i mellom. Da vi stoppet på Stortorget fikk hun penger til noe godt av en blomsterselger som ble fasinert av teaterstykket :-) Noen ganger sitter Julie og leser høyt fra bøker - også med sterk innlevelse - på et ukjent språk med portugisisk melodi, andre ganger imponerer hun meg med å kunne portugisiske ord jeg ikke visste hun hadde lært. Utbyttet Julie får av disse lørdagene føler jeg er stort, ikke bare språklig, men mye mer, og vi er veldig glade for å få delta i Clube da Pipoca.

Aina, mãe da Julie (Noruega)

 

 

Alguma sugestão, dica ou dúvida? Entre em contato conosco!

 

Patrocínio: agência de tradução e interpretação Elo Cultural   |  Para apoiar a organização de forma gratuita e anônima, clique aqui!

 

© 2014-2017 Português sem Fronteiras |Tel. +47 926 06 426 | E-mail: portugues@portugues.no